De yodleri a 5 de Março de 2008 às 08:00
Irrita-me o "te tocarei" em vez de "tocár-te-ei", ainda que esta forma possuindo uma movimento musical superior (arsis-thesis-arsis) tornaria o verso mais fluente e ondulante...
Por outro lado o tema dos poemas repete-se e eu pergunto-me se a tua vida é assim... um eco de amor buscado sem ser atingido...
Rico em vocábulos, gramaticalmente consistente... Acho que enriquecerias o teu blog se alterasses o tema.
Continua!
De estreladosul a 5 de Março de 2008 às 10:14



Caro amigo, fiquei profundamente satisfeito com a sua visita e os seus conselhos. Poderia escrever a maravilhosos jardins etc etc, mas como não aprecio, limito-me a escrever sobre o que gosto e sinto.
Ao mesmo tempo, fiquei profundamente desagradado também, por verificar que o meu amigo, pôs um assento, na forma hifenizada e reflexa "tocár-te-ei". A forma verbal, no português actual, não é possuidora de acento, por não ter deixado de ser aguda. Quanto à busca incessante desse tal "eco", ainda não foi finalizada, porque todos os ecos que me chegaram, até esta altura da minha vida, não passarem de uma cacofonia de sons, e não aquilo que eu grito.
Volte sempre a este humilde cantinho. Gostarei de tê-lo cá mais vezes.

Tenha uma linda semana

Abraço amigo

Mário Rodrigues
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.