10 comentários:
De dolce_vita a 11 de Outubro de 2007 às 23:22
Boa noite
Li o que escreveu,entendo o amor e ao que ele nos pode levar...mas desculpe não entender a paciência de que fala,a paciencia esgota-se e o amor tb não é eterno,acho que nos deviam dizer isso na escola.
Mas também o descobrimos muito rapidamente.Eu descobri e também tive essa paciencia de que fala,até ao dia em que se tem a força de mudar.
Um abraço
De estreladosul a 12 de Outubro de 2007 às 00:04


Pois...
Vamos ver até quando a paciência vai durar. Mas acho que se está deteriorando rapidamente.
Não percas os próximos capítulos minha amiga.
Obrigado pela visita. E pelo abrir de olhos.

Feliz fim de semana

Bjinho amigo

Mário Rodrigues
De dolce_vita a 13 de Outubro de 2007 às 22:50
Mário
Não pretendi "abrir os seus olhos"é um assunto delicado e pessoal,apenas dei o meu exemplo,tive paciencia 29 anos.E afinal que fiz eu à minha vida?
Nem a tolerancia e a paciencia alteraram o percurso do caminho.Mas tenho o mais importante,o meu filho.Mas como digo sempre, se há amor há obrigação de lutar.
bom domingo
De estreladosul a 14 de Outubro de 2007 às 04:20


Amiga, falei com a melhor das intenções. Normalmente aceito todos os conselhos que me dão e depois matuto seriamente e escolho o que mais se adapta à ocasião. Na realidade o que me disse fez sentido para mim, daí a expressão. Foi uma maneira muito simples de agradecer as palavras dirigidas à minha situação.E adianto mais, aprecio muito vivamente todos os conselhos que os meus amigos me dão e a Rosa é uma boa amiga.

Um feliz domingo

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Comentar post