12 comentários:
De flor_incognita a 26 de Setembro de 2007 às 09:07
Acho lindo...as palavras ,as imagens, são sempre alusivas ao mar...eu também adoro essa força da Natureza...poderosa!Que a sua força seja um poco parecida com o mar...imensa!
Beijo
De estreladosul a 27 de Setembro de 2007 às 00:24


Obrigado amiga. Terá k ser minha amiga. Aprendi com o mar. O mar bate, bate e bate até k parte , rebenta com tudo o k se lhe opoem e depois... segue.

Bjinho amigo

Mário Rodrigues
De estrelanomar a 27 de Setembro de 2007 às 00:56
Olá

Sempre poesias que nos encantam.

Beijos estrelados
De estreladosul a 27 de Setembro de 2007 às 01:36


Boa noite, amiga.

Poderá encantar a kem as lê. Lá haverá a kem nao encantará nada. A ideia tambem é essa. Obrigado pela visita. Volta sempre.

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De flor_incognita a 27 de Setembro de 2007 às 13:28
Olá, passei por aqui para deixar um abraço e um beijinho!
Até sempre!
De estreladosul a 27 de Setembro de 2007 às 13:49


Obrigado pelo abraço e pelo beijinho.

Bom fim de semana.

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De carla granja a 28 de Setembro de 2007 às 00:02
olá! lindo poema , cheio de loucura,vontade de gritar,beijar,falar,dizer banalidades é tudo muito saudavel quando é pensado e escrito num poema tão belo como o teu. eu tmb tenho um novo espero k o venhas lêr e k gostes.
bjo
carla granja
De estreladosul a 28 de Setembro de 2007 às 00:42


Ok. minha amiga. Obrigado pela apreciação.
vou a caminho

Bom fim de semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De cintia a 28 de Setembro de 2007 às 11:59
Agora !
Agarrar a vida
sem indagar porquês.
Viver agora
com tanta intensidade,
como se fosse
o minuto derradeiro.
Olhar o hoje e ver o
reflexo de antes,
muito antes.
Usufruir o momento
como vem,
esquecendo o tempo
do ontem e do amanhã,
indo fundo no tempo de agora.
Mergulhar inteira no lago
do instante presente,
como se a vida se escoasse
após aquela hora.
Amar demais, como se tudo fosse
acabar como uma onda revolta,
na chegada de um acaso
que sempre acontece
sem que a gente perceba
(M.Martinez)

Desejo um maravilhoso fim de semana

Beijinhos

cintia
De estreladosul a 28 de Setembro de 2007 às 13:41


Obrigado, amiga. Linda dedicatória.
Adorei. Estava com saudades tuas. E a casinha? Quero ir te visitar a tua nova casinha.

Maravilhoso fim de semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De dolce_vita a 29 de Setembro de 2007 às 20:21
Boa noite
Esta contradição constante em nós, esta eterna necessidade de sermos sempre sol,esconder a noite.
ter em nós as cores do arco-íris e às vezes permanecer o preto ou o cinzento.
Assim somos nós!
Um abraço
RS
De estreladosul a 29 de Setembro de 2007 às 20:47


Boa noite, cara amiga

Sim... podes ter razão. Mas eu não gosto especialmente da noite... Sinto-me morto... fora de mim. Adoro o Sol... o Dia... As cores... a vida palpitando à minha volta... Não preciso de esconder nem descobrir dentro de mim. Sempre tive esta sensação de solidão, de afastamento de mim próprio...

Obrigado pela visita

Óptimo fim de semana. Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Comentar post