Terça-feira, 31 de Julho de 2007

Mar...

  
Mar que lindo és...
 
De dia quando te observo, vendo-te serenamente vir beijar a areia da praia, aconchegar as rochas da falésia...
Que maravilhoso...
  
Mas...
cuidado, nós e só nós, que lutamos todos os dias das nossas vidas contigo, bem sabemos quão perigoso podes ser, quando o vento urra, levando-te a tal estado de zanga e loucura, que tudo tentas levar pela frente.

Quando brames com fúria, nós que não te receamos, mas que te respeitamos imenso, recuamos no nosso vigor de te ultrapassar e, inconscientemente, nos despedimos de nossa famílias, em preces mudas e sentidas, pois sentimos nos mais recônditos dos nossos navios, os gemidos de dor da chapa, torcendo-se perante a tua poderosa e inimaginável força.
  
E...
Nesses momentos em que tudo pára...
O TEMPO...
os nossos pensamentos...
e enquanto os nossos corações começam a gelar, só conseguimos ouvir, aguçando os nossos sentidos, um ronronar baixo e surdo, diferente dos urros da tua fúria, que sobe até nós vindo lá debaixo, dos motores, sussurrando-nos aos ouvidos:
Calma, nós estamos aqui!
 
E depois...
Quando o vento começa a acalmar...
e os navios deixam de pular, quais corcéis indomáveis, para cima, para baixo, para os lados, o TEMPO recomeça a andar...
Os nossos cérebros recomeçam a pensar, saindo daquele marasmo, criado pelo MEDO?...
Principiam a contar-se os segundos, os minutos...
  
A VIDA regressa a bordo, começam-se a ouvir sussurros, iniciam-se as conversas:
-Aquela, viste aquela? Que horas eram?
:- Sei lá, só tinha olhos para ver a proa aparecer do outro lado!
  
E, então...
Viste vento?
Mais uma vez te levámos de vencida. Ainda não foi desta que nos arrastaste para o silêncio e calma das profundezas deste nosso companheiro de profissão.
Porque o Mar, ele sim, é o nosso verdadeiro AMIGO!


(Singela homenagem, a todos que por um qualquer acaso da má sorte, não conseguiram levar de vencida o MAR, verdadeiro companheiro de profissão. Que Deus e a Senhora da Sorte continue a ajudar todos os outros.)

  

MMR
sinto-me: Feliz por ter sido poupado
tags:
publicado por estreladosul às 01:40
link do post | Comente+que eu gosto | favorito
2 comentários:
De alemvirtual a 31 de Julho de 2007 às 16:24
Olá

Agora sim, consegui escrever qualquer coisita!!
Estive aqui, mas não tinha conseguido deixar mais que um "olá".
Não sou algarvia. A Cintia é que é. Fiquei a saber isso pelo comentário dela no meu blog. Eu apenas vou ao Algarve de vez em quando. Domingo, irei a uma prova.
Gostei muito do teu blog e achei engraçado ter chamado à Cintia (que eu não conheço) estrela do sul e, no mesmo momento, através do blog dela, ter encontrado este que se chama de facto estrela do sul...
A vida tem destas coincidências.
Gosto muito do mar...

Paula
De estreladosul a 31 de Julho de 2007 às 17:27
Ok amiga. Tudo bem.
Mais uma amiga aqui neste mundo tao grande.

Beijinho amigo

Mário Rodrigues

Comentar post

Conheça-me

Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Diálogos com a Senhora da...

Diálogo com a Senhora da ...

Voando

Florescer

Manhã

Acreditar?

Momento

Caminhos da Vida...

Plantas

Diálogo com a Senhora da ...

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds