8 comentários:
De Sorrisoduplo a 17 de Julho de 2007 às 11:08
Acredita... vais ter esse momento

Bjo
De estreladosul a 17 de Julho de 2007 às 13:51
Mas... sem ela.
Resolvemos definitivamente as nossas vidas ontem.

Agora vão ser só poemas de esperança para um novo amor, e para um novo recomeço de minha vida.

Obrigado pelas tuas lindas palavras.
Beijo amigo

Mário Rodrigues
De Sorrisoduplo a 17 de Julho de 2007 às 15:51
Espero que o novo amor ... e acredito que vais encontrar... te reconheça como mereçes.
Mas nem sempre se ama da mesma forma, nem todos têm a mesma capacidade de amar e aqueles que dão tudo o que têm quando amam sofrem sempre...
Bjo
De estreladosul a 17 de Julho de 2007 às 18:09
Amiga, acredito plenamente em ti. Mas eu sou assim. Quando amo entrego-me todo. Depois sofrimento, muito sofrimento...

Mas obrigado pelas tuas palavras de conforto.

Beijo amigo e volta sempre com pensamentos puros como esse e todos os outros com que me tens ajudado.

Mário Rodrigues
De flor_incognita a 17 de Julho de 2007 às 19:24
Quando resolvi comentar, ía dizer que esperava que fosse apenas um poema...e não a realidade...mas depois vi os comentários e vi que estava enganada...o poema retrata a realidade...tenho muita pena,ainda há pouco comentava o seu amor...e que amor...me parecia...!
Tenho muita pena...,acredito que deve estar a sofrer muito,pois quando se quebra um laço tão forte como o amor...deve doer imenso!Não será possível uma reconciliação?Nunca sabemos o dia de amanhã!
Seja de que maneira fôr,acredito que o amor possa estar ao virar da esquina...se não era essa a sua cara-metade...quem sabe se não a encontra ao virar da esquina...!
Gostava que não sofresse...mas não o posso evitar...não tenho poder para isso...mas posso oferecer um "ombro" para desabafar...!
Um abraço...
De estreladosul a 17 de Julho de 2007 às 20:35

Sim amiga, infelizmente tudo quanto tenho escrito tem sido todos os meus penares, excepto 2 ou tres.

Se te deres ao trabalho de os leres, verás e compreederás que já tive uma dose bem grande de felicidade e de sofrimento.
Obrigado pela oferta. Ainda não sei o k vai acontecer. Andamos mt mal, de costas voltadas um para o outro. Talvez tenha k me ir embora desta terra, porque sei k nao aguentarei viver mais aki, com esse grande amor, vivendo aki a 1 kilometro de distancia, e com amigos mutuos para compor o ramalhete final. Nada me prende aki, a nao ser ela. Se nao nos conseguirmos entender, la terei k pegar nas malas e ir por esse mundo fora.

Beijinho amigo

Mário Rodrigues
De flor_incognita a 17 de Julho de 2007 às 21:26
A única coisa que posso dizer...é para não tomar nenhuma decisão precipitada,não faça nada de que se possa arrepender depois!
Força!
De estreladosul a 18 de Julho de 2007 às 04:44
Descansa amiga...
Sem tentar tudo ao meu alcance, não tomarei uma decisão dessas.

OBRIGADO!!! Pelo carinho e atenção.

Beijo amigo

Mário Rodrigues

Comentar post