Segunda-feira, 14 de Maio de 2007

Afinal... quebrámos os dois

Era eu a convencer-te que gostas de mim
E tu a convenceres-te que não é bem assim...
Era eu a mostrar-te todo o meu coração
E tu a fugires com ele na mão...
   
Afinal quebramos os dois...
      
Desviando os olhos por sentir a verdade
Juravas a certeza da paixão
Mas sem queimar demais
a extinguir o fogo do meu coraçao
   
Afinal quebramos os dois...
  
Eras tu a partir porque não sabias ficar...
era eu a ficar porque nao sabia partir...
Eras tu a rezar para que nao desaparecesse...
Era eu a rezar para que tu ficasses...
Eras tu a ficares enquanto saías,
E eu a sair enquanto ficava
    
Afinal quebramos os dois...
       
Não nos tocámos quando saiste,
Não nos tocámos quando saí,
Não nos tocámos e vamos fugindo
sem saber porque fugimos.
     
Difícil resistir quando estou na tua presença.
Em pensamento te toco e te beijo
e...tento disfarçar o meu olhar de desejo.

    

    

MMR
sinto-me: Acho que me sinto nostálgico
publicado por estreladosul às 21:04
link do post | Comente+que eu gosto | favorito

Conheça-me

Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Diálogos com a Senhora da...

Diálogo com a Senhora da ...

Voando

Florescer

Manhã

Acreditar?

Momento

Caminhos da Vida...

Plantas

Diálogo com a Senhora da ...

arquivos

tags

todas as tags

Radio

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Visitantes

CURRENT MOON

subscrever feeds