Segunda-feira, 4 de Junho de 2007

Adeus!

Às vezes tu dizias: os teus olhos têm duas cores!
E eu cria.
acreditava,
porque ao teu lado
tudo me parecia extraordinário.
 
Mas isso era no tempo dos sussurros.
Era no tempo em que o teu corpo
me parecia um paraíso.
     
Era no tempo em que os meus olhos
te olhavam com Amor, com Desejo, com Cobiça!
Hoje são apenas os meus olhos cegos.
   
Já não há nada para dizer.
Tudo já foi, tudo já era.
  
E no entanto, ontem, quando
ainda havia palavras para dizer,
tenho a certeza de que tudo estremecia
à minha volta só de murmurar o teu nome
na quietude do meu coração.
   
Não tenho mais nada para te dar.
Dentro de mim o passado é
inútil como uma rodilha.
A partir de agora tudo que for
dito será como poeira no vento. 
  
Adeus.
     
     
  MMR

 

sinto-me: Triste
tags:
publicado por estreladosul às 02:13
link do post | Comente+que eu gosto | favorito
4 comentários:
De Sorrisoduplo a 4 de Junho de 2007 às 16:06
Revejo-me nas tuas palavras...
"Já não há nada para dizer
Tudo já foi, tudo já era"
Tudo não passou de um sonho impossivel...
Que o era desde de o inicio...
Mas sou uma pessoa de esperança...
Mas essa agora também morreu...

Beijinhos
De estreladosul a 4 de Junho de 2007 às 19:25
É verdade,, amiga. Parece que estamos em Universos paralelos.

Beijo

Mário Rodrigues
De ♥ °Pαpєr∂oℓℓ ♥ a 5 de Junho de 2007 às 09:50
Por mais que tentemos por mais que amemos, por mais que arranquemos o nosso coração para que nos certefiquemos que ser+á apenas da'quela pessoa que gostamos...
mas as vezes não foi dado valor...o amor não cresceu nem amadureceu...apenas secou e quem sofre...somos nos...quem tudo damos por alguem ...que nem valorisou
encontraras a pessoa certa eu acredito que cada ser tem a sua alma gemea... tem a sua outra metade para assim poder caminhar o resto da vida...
brigado plo apoio ando +/- mas melhorsinha
ja tu paresses mt em baixo
força apoiate nos amigos...
besso
De estreladosul a 5 de Junho de 2007 às 15:52
Sim, miga, tenho andado em baixo. Mas hei-de dar a volta por cima. Sempre me ensinaram a não baixar os braços. Vamos à luta, com novo espirito. Não há como um novo Amor, para fazer eskecer um antigo.
Principal é mesmo a auto-estima. Porque nao conseguimos amar ninguem, se nao nos amarmos primeiro a nos.

Beijo, miga

Mário Rodrigues

Comentar post

Conheça-me

Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Diálogos com a Senhora da...

Diálogo com a Senhora da ...

Voando

Florescer

Manhã

Acreditar?

Momento

Caminhos da Vida...

Plantas

Diálogo com a Senhora da ...

arquivos

tags

todas as tags

Radio

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Visitantes

CURRENT MOON

subscrever feeds