9 comentários:
De Emanuela a 18 de Julho de 2009 às 14:27
Oi amigo...Saudades! Fazia tempo que não vinhas por aqui,né?
Poema bonito, como sempre!

Beijinhos
De Suave Toque a 19 de Julho de 2009 às 01:54
Um fascínio misterioso
Sensações nem sei de quê...
É poesia... é doçura...
Nenhum sabor de amargura...
É o perfume de você...

Um enigma a desvendar...
Sua chegada antevê...
Antecipa as delícias
De suas fatais carícias...
O perfume de você...

Num doce florescer
Nos encontramos...
A cada dia vamos construindo
Nos descobrindo...
Percorrendo os caminhos da vida.

Amo te poeta

Tua poetisa

Beijos
De meldevespas a 30 de Julho de 2009 às 15:33
Pelo que vejo, esse coração, continua acelerado! isso é bom , muito bom!

Sinal de que todas as mudanças foram em nome de um bem maior.

Beijinhos
De vieira calado a 13 de Agosto de 2009 às 02:43
Os ares do Verão sempre aceleram as emoções...

Um abraço
De Sol da Meia Noite a 10 de Setembro de 2009 às 21:46
É lindo este amor, que a tudo resiste.

Beijinhos, com amizade * *
De Alzira Macedo a 16 de Setembro de 2009 às 10:39
Oi amigo Mario...
Há quanto tempo???
Tudo bem contigo amigo?
Espero que sim...
Tens em meu blogue um mimo para ti vai e lê beijos
De Yaleo a 27 de Setembro de 2009 às 11:53
Bom domingo****
De Alzira Macedo a 2 de Outubro de 2009 às 10:50
Voltei ao cantinho do Florescer....

Onde as emoçoes são uma constante...
Já me referi algumas vezes e volto a reafirmar
Como é belo viver neste poetar
Mesmo quando a realidade nos acorda
e nos rasga deste belo sonhar
Os momentos vividos ou sonhados
nunca nos serao roubados...
Parabens amigo pelo teu versejar
e por quem te está a acompanhar
bjs
De Yaleo a 13 de Outubro de 2009 às 19:26
Sempre o amor num espaço que me ajuda a aguentar um sofrimento.
Obrigada
Um beijo

Comentar post