Terça-feira, 16 de Setembro de 2008

Talvez...

  
 
 Se quando vos perdi, minha esperança,
A memória perdera juntamente
Do doce bem passado e mal presente,
Pouco sentira a dor de tal mudança.
  
Mas Amor, em quem tinha confiança,
Me representa mui miudamente
Quantas vezes me vi ledo e contente,
Por me tirar a vida esta lembrança.
  
De cousas de que apenas um sinal
Havia, porque as dei ao esquecimento,
Me vejo com memórias perseguido.
 
Ah dura estrela minha! Ah grão tormento!
Que mal pode ser mor, que no meu mal
Ter lembranças do bem que é já passado?
  ( Sonetos, Camões)
  
E embaixo ostento com muito orgulho
o Selo do Blog da minha Poetisa
  
MMR
publicado por estreladosul às 03:54
link do post | Comente+que eu gosto | favorito
42 comentários:
De Gotadevidro a 16 de Setembro de 2008 às 11:21

Este soneto de Camões é fabuloso. Aliás todos dele são imparáveis.

beijo de gota
De estreladosul a 18 de Setembro de 2008 às 16:28


Toda a razao, amiguinha.

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De Subjectividades a 16 de Setembro de 2008 às 11:39
Sê bem vindo meu amigo!
Embora preferisse algo mais alegre que Talvez....
Espero que esteja tudo bem!

Um abraço
De estreladosul a 18 de Setembro de 2008 às 16:29


Esta tudo otimo. Volta sempre

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De menina sonhadora a 16 de Setembro de 2008 às 11:46
Muito bonito este soneto Camões... apesar de complicado de analisar estas palarvas sao belas :)
ja ha algum tempo que nao passava aqui =p
bjs
De estreladosul a 18 de Setembro de 2008 às 16:30


És sempre bem vinda, amiguinha.
Volta sempre

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De cõllybry a 16 de Setembro de 2008 às 19:19
Camões, bela escolha, sempre é bom recordar...

Tudo bem, terno amigo

Beijito
De estreladosul a 18 de Setembro de 2008 às 16:31


Tudo bem, amiguinha.

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De id a 17 de Setembro de 2008 às 11:23
Olá amigo,
Um pouco triste este poema de Camões, mas é giro.
Tudo de bom para ti.
Bj.amigo
De estreladosul a 18 de Setembro de 2008 às 16:31


Obrigado e igualmente, amiguinha.

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De suavetoque a 17 de Setembro de 2008 às 14:02
Meio triste, porém belo.
Momentos não retornam, são guarddos como jóias preciosas. Choramos quando recordamos, choramos quando amamos.
É o meu amor, meu maior presente que me foi enviado de um mundo dstante.
Vejo amor no brilho dos teus olhos e esse amor me faz sentir vontade de viver.
Amo te poeta e adorei ver o símbolo do meu blog aqui.

Obrigada por tudo

Um grande beijo

Tua Poetisa
De estreladosul a 18 de Setembro de 2008 às 16:34


Não se devem guardar as joias preciosas, meu amor. Porque na mesma caixinha, tambem estao os momentos tristes, e depois?
E vive! Vive a Vida e o meu Amor!

Amo te brasileira, minha Poetisa

Um beijo bem carregado com todo o meu amor

O TEU POETA
De Sol da Meia Noite a 17 de Setembro de 2008 às 23:45
Camões, sempre actual, sempre vivo em nós... presente em memórias que o passar do tempo guarda...

Beijinho, meu amigo *
De estreladosul a 18 de Setembro de 2008 às 16:37


É a realidade. Sempre actual, amiguinha.

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De cindamoledo a 18 de Setembro de 2008 às 15:20
Beijinhos. cinda
De estreladosul a 18 de Setembro de 2008 às 16:38


Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De Carla a 18 de Setembro de 2008 às 15:28
lindo o soenteo e o belo selo da tua poetisa
beijos aos dois
De estreladosul a 18 de Setembro de 2008 às 16:38


Agradeço por mim e por ela, amiguinha.

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues
De estrelaquebrilha a 19 de Setembro de 2008 às 13:56
Bem vindo:), adorei este poema de Camões é lindo.
bj e bom fds

Comentar post

Conheça-me

Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Diálogos com a Senhora da...

Diálogo com a Senhora da ...

Voando

Florescer

Manhã

Acreditar?

Momento

Caminhos da Vida...

Plantas

Diálogo com a Senhora da ...

arquivos

tags

todas as tags

Radio

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Visitantes

CURRENT MOON

subscrever feeds