Terça-feira, 21 de Agosto de 2007

Circe...

 
   
Maldito seja o dia em que te vi,
Quando te conheci,
hipnotizaste-me qual Circe
em poema de Homero...
  
Nunca pensando que ia ser
um capricho da tua insanidade...
Devia ter morrido no momento,
de tão louca ansiedade...
     
Prendi-me num desejo...
fui escravo de uma beleza,
perigosa e alienatória...
Que me fez gozar com um beijo,
no ínicio desta história...
  
Agora...
detesto pensar como teria sido contigo...
Prefiro acreditar que foi coisa de Satanás,
não tive escolha...
Tinha sido embruxado tempos atrás...
  
Não tenho saudades tuas...
Prefiro manter-me calado...
Para de vez me afastar...
Para te odiar,
e então te abandonar...
  
MMR
sinto-me: Feliz, Feliz, Feliz
publicado por estreladosul às 01:31
link do post | Comente+que eu gosto | favorito
6 comentários:
De flor_incognita a 21 de Agosto de 2007 às 09:27
Olá amigo Mário...estou a ver que as coisas ainda estão um pouco complicadas...recentes, talvez...!
Compreendo o quanto pode ser dificil...mas sei tambem ,que uma pessoa vivida, tal como o Mário ,sabe que tudo há-de passar ...com o tempo tudo passa...,não se esquece,mas suavizasse!
Tudo de bom para si....e que logo ,logo esse navio vá ancorar numa bela ilha!
Beijo
De estreladosul a 21 de Agosto de 2007 às 11:58


Minha amiga, obrigado pelas tuas palavras animadoras.
Penso que tenho um porto à vista, assim não aparecam mais temporais pelo caminho, que me afastem desse abrigo. Lindo, como todos os portos que eu escolho. Vamos ver é se não se torna em mais um porto de desgosto, porque ainda trago uns cabos flutuando atrás do meu navio, que me teem perseguido, colados como tentúlos de um maldito polvo. Acho que vou ter que os cortar a machado como se fazia antigamente nos salva-vidas, quando tentavam exceder o numero de pessoas a bordo.

Beijinho amigo

Mário Rodrigues
De flor_incognita a 22 de Agosto de 2007 às 08:30
É assim mesmo...escolher um porto lindo para atracar!
Quanto aqueles tentáculos que ainda andam á deriva...penso que quando realmente ancorar nesse porto, esses mesmos tentáculos irão tomar conta do novo porto...envolvendo-o nos seus longos braços!
E quanto a tempestades....nã...isso já passou....agora o sol tem brilhado bastante...é só sol e céu azul!
Beijo
De estreladosul a 22 de Agosto de 2007 às 13:49


Nem penses amiga. O k eu desejo é k esse polvo morra e me deixe em paz. nunca mais o kero ver. Agora vir-me assombrar a existência e a paz de espírito? Não. Já sofri k chegasse para duas vidas.
Agora desejo um porto simples, sem manias, que me dê Sol, paz e amor. Preciso de descansar o meu espírito, muito perturbado da estadia neste último porto.

Beijinho amigo

Mário Rodrigues
De sopro-do-coracao a 22 de Agosto de 2007 às 17:25
Afinal tens razão...

Não ficou cá nada!

Mas eu juro que deixei aqui o seguinte comentário...

Vejo que ainda estás de luto.

Veste lá a camisa vermelha e sai a rua.

Um beijo.

Vamos lá ver se agora fica cá...
De estreladosul a 22 de Agosto de 2007 às 21:17


Obrigado pela forcinha kerida amiga. E , sim senhora desta vez ficou. Boa sorte.

Beijinho amigo

Mário Rodrigues

Comentar post

Conheça-me

Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Diálogos com a Senhora da...

Diálogo com a Senhora da ...

Voando

Florescer

Manhã

Acreditar?

Momento

Caminhos da Vida...

Plantas

Diálogo com a Senhora da ...

arquivos

tags

todas as tags

Radio

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Visitantes

CURRENT MOON

subscrever feeds