Sábado, 11 de Agosto de 2007

Junto à margem

  

     

Foi ali junto à margem..
daquele simples riacho...
que corria sereno no seu leito..
sentindo o aroma do entardecer a chegar,
que passei dos momentos,
mais felizes da minha vida!
  
Lá no alto...
as ruínas de uma antiga casa...
talvez possuidora de segredos olvidados de
antigos amores...
gritava noticias,
da passagem do MEU amor...
  
Por todo o lado montes de rosmaninho azul,
Testemunhas vivas daquele Amor lindo,
pensava...
EU!
 
Não queria sentir...
não queria acreditar...
que poderias ser como és...
Não queria acordar para a triste realidade,
de que tinha perdido quatro meses da minha vida,
servindo de um, (simples e baixo) jogo de
de vontades para...
TI!!!!
  
Bateste contra parede,
tentando atirá-la a baixo...
uma...
duas...
avisei-te que não batesses terceira...
Nunca acreditaste!
Bateste!...
sentiste-a vir abaixo...
Alegria!
Tinhas vencido!!!
  
Ilusão das ilusões...
Não foi a parede que foi abaixo,
foste TU que amarfanhaste o teu ego
contra...
ela!
A parede continua lá
firme e solitária como uma...
ROCHA!
  
MMR
sinto-me: Triste, muito triste
tags:
publicado por estreladosul às 21:37
link do post | Comente+que eu gosto | favorito

Conheça-me

Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Diálogos com a Senhora da...

Diálogo com a Senhora da ...

Voando

Florescer

Manhã

Acreditar?

Momento

Caminhos da Vida...

Plantas

Diálogo com a Senhora da ...

arquivos

tags

todas as tags

Radio

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Visitantes

CURRENT MOON

subscrever feeds